Comunidades Campesinas e Urbanas

"Forjar um jeito de viver comunitário, solidário, ecocêntrico...."

      Astreia Mendizabal

 

 

Nesses espaços aprendemos a nos relacionar junto a terra, Pachamama, e a nos educar seguindo os valores de uma “Umanidade” sensível à urgência de transformação social global.

Caminhamos para um colapso caso não alteremos o comportamento social e humano, que está baseado num cultivo ao individualismo, ao capital e ao consumo.

Voltarmos a nos educar num jeito simples de vida, já cultivada por nossos avôs e avós, resgatando a intimidade de cada indivíduo para com o outro, orientados pelo jeito latino-americano de ser, ou seja, simples, alegre, espontâneo e espirituoso.

Nossas comunidades semeiam a vida em complementariedade, o Bem Viver!

É a plasmação de uma utopia as avessas, pois trabalhamos para retornarmos a ser quem somos, pequenos companheiros latino-americanos, livres e devotos.

Nossas atividades estão fundadas numa escola de valores, cujo principal valor é a VIDA. Por isso, buscamos e praticamos:

- a sustentabilidade dos espaços;

- a permacultura;

- a economia solidária;

- a vida comunitária entre os residentes;

- as hortas comuns a todos;

- o banco de sementes crioulas;

- o desenvolvimento de medicina alternativa;

- a educação no âmbito socioambiental e da ecologia emocional;

- serviço comunal.

 

Atualmente existem 4 comunidades campesinas (3 localizadas no Brasil e 1 na Argentina) e 2 casas coletivas urbanas que estão abertas para visitas e vivências.
 

A saber:

BRASIL:
Comunidades Vale Sagrado Arco-Íris (Pelotas-RS)
Comunidade Aoniken (Gravataí-RS)

Casita Coletiva Rosa Flor (Florianópolis - SC)
Comunidade Campesina Santuário Nhanderu'Ete (Campina Grande do Sul-PR)
Casa Coletiva Intihuatana (Fortaleza-CE)

ARGENTINA:

Comunidade Casamama Arcoíris (San Marcos Sierras, Argentina)

Nesses espaços são mantidas atividades constantes tais como

- projeto de apicultura com caixas de abelhas instaladas e geração de mel;
- espiral de ervas condimentares, aromáticas e medicinais;
- horta comunitária;
- cuidado dos animais, galinheiro, cavalos, entre outros;
- manutenção e reforma de espaço residencial e de hospedagem;
- períodos de vivência comunitária para visitantes e voluntários;
- cuidados e conscientização sobre a geração de resíduos sólidos;
- cuidados com limpeza do rio e da terra;
- meditação diária e retiros de meditação com prática de Sesshin;
- vivências de Yoga Andino;
- espaço de cura e guia mística;
- celebrações campesinas de Devoção à Pachamama (Madre Tierra) e Festivais de Lua Cheia;
- encontros de mulheres e saberes para equilibrar a energia Shakti;
- oficinas de cozinha mística e pão devocional;
- palestras e cursos voltadas à emancipação do SER e à expansão da Consciência Pachamama;
- apoio e voluntariado às populações ao entorno.

- No Aoniken - POA - Brasil -  segunda é dia de segundARTE em que promovem atividades artísticas entre residentes, visitantes e convidados.

Conheça o Aoniken

Conheça o Nhanderu'ete

Quer participar do Programa de Voluntariado em nossas Comunidades?

Entre em contato conosco